Lista de Exames


DENSITOMETRIA ÓSSEA

A Densitometria Óssea estabeleceu-se como o método mais moderno, aprimorado e inócuo para se medir a densidade mineral óssea e comparado com padrões para idade e sexo. Essa é condição indispensável para o diagnóstico e tratamento da osteoporose e de outras possíveis doenças que possam atingir os ossos. Os aparelhos hoje utilizados conseguem aliar precisão e rapidez na execução dos exames, a exposição a radiação é baixa, tanto para o paciente como para o próprio técnico. O técnico do sexo feminino pode trabalhar mesmo estando grávida.


RESSONÂNCIA MAGNÉTICA 1.5 TESLA

A Ressonância Magnética é um exame para diagnóstico por imagem que retrata imagens de alta definição dos órgãos através da utilização de campo magnético, não utiliza radiação ionizante e em alguns exames é necessário aplicação de contraste que é à base de gadolínio, não contém iodo, é antialérgico e eliminado rapidamente pela urina. A segurança é uma questão muito importante na Ressonância Magnética devido à natureza do equipamento há um forte campo magnético por isso o paciente deve certificar-se cuidadosamente para verificar antes de entrar na sala de Exames se têm qualquer objeto metálico como óculos, grampo de cabelo, marca-passo, pinos, moedas, placas  metálicas etc.


TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA

Podemos definir a TOMOGRAFIA como sendo um método de medida da densidade radiológica dos volumes elementares de um corte. Esse método radiológico produz imagens de um corte do corpo com um estudo das densidades, com acuidade 100 vezes maior do que as obtidas em radiografia convencional, estudando a atenuação de um feixe de raios X durante seu trajeto através de um segmento do corpo; no entanto, ela se destingue da radiologia convencional por diversos elementos. A tomografia computadorizada ou computorizada (TC), originalmente apelidada tomografia axial computadorizada/computorizada (TAC), é um exame complementar de diagnóstico por imagem, que consiste numa imagem que representa uma secção ou "fatia" do corpo. É obtida através do processamento por computador de informação recolhida após expor o corpo a uma sucessão de raios X.


ULTRASSONOGRAFIA

A Ultrassonografia (ou ecografia) é um método diagnóstico que aproveita o eco produzido pelo som para ver em tempo real as reflexões produzidas pelas estruturas e órgãos do organismo. Os aparelhos de ultrassom em geral utilizam uma frequência variada dependendo do tipo de transdutor, desde 2 até 14 MHz, emitindo através de uma fonte de cristal piezoelétrico que fica em contato com a pele e recebendo os ecos gerados, que são interpretados através da computação gráfica. Quanto maior a frequência maior a resolução obtida. Conforme a densidade e composição das estruturas a atenuação e mudança de fase dos sinais emitidos varia, sendo possível a tradução em uma escala de cinza, que formará a imagem dos órgãos internos.


ULTRASSONOGRAFIA COM DOPPLER COLORIDO

Ultrassonografia com Doppler Colorido é utilizado para obter informações sobre a velocidade de um determinado fluxo, e avaliar a direção e a magnitude dele.

O Doppler colorido usa uma escala de cores para representar as diferentes velocidades do fluido dentro dos vasos.